Revolución: El Paso Para Cambiar El Mundo

Ir em baixo

Revolución: El Paso Para Cambiar El Mundo

Mensagem por Amaya em Ter Maio 20, 2014 10:57 am

El Camiño De La Revolución


"Revolucionários". Muitos os veem como meros ingratos, que queriam causar pânico às pessoas e queriam derrubar o Governo.
"Marinheiros". As pessoas os veem como heróis, aqueles que querem o bem de todos.
"Governo". Patifes, "líderes do mundo", os cidadães acham que eles são o símbolo da paz, segurança e justiça do mundo.
"Piratas". Reles seres que querem o mal de todos, riquezas e, principalmente, o One Piece, para enfim algum deles se tornar os Rei dos Piratas.

O mundo está de cabeça para baixo, dividido, ninguém concorda com ninguém, tolos são aqueles que acham que estão seguros. Mas eu tinha um propósito. Tinha um motivo para estar ali. Tinha um motivo para carregar meu sobrenome, iria honra-lo até o dia em que visse o governo cair aos meus pés, aos pés da revolução. Nunca em minha vida presenciei algo de tão inusitado, porém, sabia das trapaças do mundo. O justo sendo condenado e o malfeitor sendo elegido a cargos de suma importância.
Eu iria mudar aquilo.

Andava pelas ruas de Tequila Wolf, olhando satisfeita para os lugares dali. Conhecia sua história tão bem quanto muitos, sabia sobre tudo o que os Tenryuubitos, aqueles malditos filhos e netos dos líderes do governo, fizeram para os escravos dali. Construir uma ponte por 700 anos? Que piada. O mundo desconhecia desse tipo de de fato, tampava seus olhos e ouvidos para saberem disso. Viviam em uma ilusão, tal esta que os protegiam da verdade que envolta o mundo.

Já tinha uma rota pré-definida para aquele dia, o grande e imponente QG dos Revolucionários que libertaram as pessoas daqui. Honrar o nome que carregava, eu era a próxima líder de tal família, e tinha que fazer algo antes de tal. Carregando a Imperatriz - gostava de chama-la apenas de "Imperatriz", para ficar mais fácil - em minhas costas, presa a uma fina corrente prateada, tal como sua lâmina, andava em passos apressados. Pegaria meu relógio de bolso e olharia as horas. Soltaria um pequeno sorriso no canto direito de minha boca, apreciando tal item.

Chegando na entrada, caso houvessem guardas lá, cumprimentaria-os com um pequeno sorriso, adentrando o local. Andaria por lá, a procura da sala do líder. Daria duas batidas leves na porta, mantendo uma postura erigida, comprimiria os lábios e, por fim, manteria um olhar passivo. Esperaria que ele me convidasse para entrar, mas independente disso, abriria a porta lentamente, entrando devagar e fecharia a mesma (a porta) atrás de mim. Com um tom confiante, diria devagar:

Com licença, senhor. Sou Gaë, Gaë Winterfell. Gostaria de me alistar na Ordem Revolucionária.

Seria direta, sem rodeios e mantendo o máximo de educação possível com ele, esperaria sua resposta mantendo a postura.


OFF:
Oi :3 Bem, não há muito o que se dizer aqui, então, tchau. :3

Objetivos:
- Me tornar Revolucionária;
- Fazer missões como Revolucionária;
- Conseguir dinheiro;
- Conseguir suprimentos;
- Se possível, fazer uma aventura longa e produtiva.

________________________________________________________________________________________
Rum. Uma bebida milagrosa, pena que torna os homens mais respeitados em patifes pervertidos.

|Narração|Fala|Pensamento|Técnica|
|Aventura|Ficha|
avatar
Amaya
Pirata novato
Pirata novato


Ficha do personagem
Haki:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum